sexta-feira, 4 de outubro de 2013

A paz esta dentro de nós...

Aprendi nesta vida que para se ter paz, é ter o resultado do entendimento de algumas lições importantes que a vida nos oferece.
A paz está no dinamismo da vida, no trabalho, na esperança, na confiança e na fé. Ter paz, é ter consciência tranquila e ter certeza de que se tentou fazer o melhor.
Assumir suas responsabilidades e cumpri-las e ter serenidade nos momentos mais difíceis da vida.
Ter paz, é ter ouvidos que ouvem, olhos que vêem, e boca que diz palavras que constroem.
Ter paz, é ter coração que apenas ama, é construir uma família com dedicação e carinho, é dar valor nas coisas mais simples da vida, ouvir um riacho, brincar com as crianças, sentir um abraço, observar um pássaro, e a natureza.
Este são sinceros momentos de felicidade, esta paz, não se compra, ou você tem ou não.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

O sentimento da inveja

 A inveja nasce da comparação: a situação financeira, o prestígio, o talento, a simpatia do outro geram o comportamento invejoso. A pessoa com sentimento de inveja se utiliza basicamente de dois mecanismos:
 1. Um deles é aumentar o significado de seus próprios feitos, exagerando suas próprias realizações.
 2. O outro é tentar diminuir o outro, tirando-lhe o brilho através de críticas e comentários maldosos.
 Este tipo de comportamento é patológico. Ele se manifesta como um distúrbio, no qual existe uma “preocupação” exacerbada com o outro e o desejo permanente de destruir algo que ele possui.
 Todavia o comportamento invejoso, muitas vezes, é justificado pelas superstições.  Além de usar a sorte como argumento para explicar o sucesso do outro, a pessoa com atitudes invejosas também lança mão de artifícios como a superstição. “Olho gordo”, “nascer de quina pra lua”, são termos usados por estas pessoas para justificar o sucesso alheio, revelando, assim, sua incapacidade e seu sentimento de inferioridade.